segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Games e suas qualidades para a vida

(Fonte: Gamersith)

Sabem aqueles conceitos chatos criados em torno dos videogames? Que eles fazem mal para a saúde, que quem joga não cria amizades, não pratica esportes? Então está na hora de quebrarmos esses paradigmas em torno dos amados e não tão ofensivos videogames, e começar a vê-los com outros olhos.

Os games desenvolvem muitas coisas na vida das pessoas, desde pequenas crianças até idosos da melhor idade, e não precisamos ser nenhum expert para notar isso. Coisas como raciocínio lógico, coordenação apurada, agilidade, saber tomar decisões rápidas e até mesmo exercícios físicos conseguem ser praticados no terror das mães, os Videogames.

Novos games e tecnologias estão surgindo para mudar essa visão de vilão dos videogames. Acessórios como Kinect e PS Move, sensores de movimentos que fazem indiretamente quem está jogando praticar exercícios, que estão muitas vezes sendo utilizados em casas de repousos e asilos para idosos se exercitarem, games de escolhas rápidas e morais, que estão sendo utilizados em alguns escolas e faculdades para desenvolvimento do ambiente moral dos alunos, e jogos educacionais cada vez mais divertidos estão vindo com extrema qualidade para o lazer de todos.

No futuro podemos esperar a tão aguardada realidade virtual. Acessórios com Oculus Rift, Project Morpheus e HoloLens, estão sendo desenvolvidos aos montes e provavelmente esse é o futuro que nos aguarda, não só nos games como na vida também.

E claro, mesmo com todas essas qualidades não podemos virar escravo dos videogames. Eles são bons, desenvolve qualidades incríveis para nós, porém ficar preso o dia inteiro no quarto não é tão bom.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário